A Sem Título é um espaço autônomo de reflexão e experimentação em artes visuais, que instaura na cidade de Fortaleza um lugar de proposições diversas no campo da arte contemporânea: exposições, performances, debates, cursos, residências, lançamentos de livros.

O espaço abriga também um laboratório de tratamento de imagens e impressão digital fine arte, com reproduções no padrão de qualidade artística. As obras ganham materialidade e um tratamento singular que se revela na qualidade dos suportes de impressão, no uso exclusivo de tintas originais ou no tratamento digital. O laboratório se ampliou em um “Lado B”, voltado àqueles que não abrem mão da qualidade de impressão, mas procuram um serviço mais econômico.

Sob a direção das pesquisadoras e artistas visuais Elizabeth Guabiraba e Jacqueline Medeiros e o gerenciamento de imagens do fotógrafo Elton Gomes, o espaço se abre à cidade fortalecendo um cenário de produção, de formação e de incentivo à criação artística – tão necessário aos nossos tempos.

Sem Título não carrega em si a preocupação de tudo nomear ou classificar. O nome surge de uma ausência de “parentescos” ou de explicações e de bordas bem definidas. O espaço também é processo. E apesar de não se constituir como uma galeria formal, no sentido estrito comercial, possibilita aos artistas comercializarem as suas obras.
O lugar está aberto. O convite é para que se enredem os que gostam da experiência e da obra.

Elizabeth Guabiraba – A idealizadora da Sem Título tem os olhos bem abertos para o mundo. Para ela observar é existir. Aos 20 anos descobriu a fotografia como modo instigador da partilha do sensível. A graduação em jornalismo levou-a ao avesso das imagens. E foi entre elas que passou a esculpir suas muitas maneiras de ver e “transver” os acontecimentos. Caminho prenhe de bifurcações: fotojornalismo, fotografia documental, experimental, conceitual. As artes visuais, a antropologia e a filosofia são interfaces corriqueiras no trabalho de Elizabeth que tem pós-graduação em Comunicação e Cultura.

Jacqueline Medeiros – É pesquisadora, curadora e crítica de arte. Bacharel em Artes Visuais pela Universidade Grande Fortaleza, Jacqueline é mestre e doutoranda em História da Crítica da Arte pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Ela coordena as Artes Visuais do Centro Cultural Banco do Nordeste, um desaguadouro de proposições que reúne residências artísticas, experimentações de artes visuais contemporâneas, uma infinidade de conversas e exposições, um entra e sai de apreciadores, realizadores e frequentadores dos equipamentos do Centro, traçando na cidade um frescor próprio das instituições que questionam seus limites.

Elton Gomes – É um cultivador de imagens que aprendeu, muito cedo, a organizar e catalogar arquivos imagéticos. Ele inicia o trabalho na área nos anos 2000, na Editora Tempo D´Imagem. Em 2005, se associa ao também fotógrafo José Wagner e abre sua primeira empresa independente: a Local Foto, um banco de imagens onde pôde se aperfeiçoar no tratamento e edição de fotografias, assim como na publicação de livros afins. A primeira empresa própria, a Foto Ideia, veio em 2009: especializada em tratamento de imagem, produção gráfica e montagem de exposição. Assim nasce a parceria com a artista visual Elizabeth Guabiraba, na Sem Título Impressão.